O BELO ESTÁ EM TODAS AS COISAS

A beleza é subjetiva, uma experiência que traz prazer, satisfação e admiração por um processo perceptível. A beleza é vista pelos filósofos e artistas, sendo encontrada em tudo que tem harmonia e equilíbrio com a sua natureza. O post O BELO ESTÁ EM TODAS AS COISAS, ao mesmo tempo em que questionará o tema; irá conduzir você a refletir sobre o assunto. Possibilitando você a ter sensibilidade visual para enxergar tais detalhes, e alegrar-se com tantas coisas ao nosso arredor.

“A beleza é a única coisa preciosa na vida.

É difícil encontrá-la –

Mas quem consegue descobre tudo”.

Charles Chaplin

O BELO ESTÁ EM TODAS AS COISAS

O belo não está relacionado com o gosto pessoal. É originalizado pela sua forma e simetria no conteúdo e o contexto geral, agradando os espectadores. O Belo é encontrado na natureza e criações do homem, visto em todas as coisas, sentido e compreendido pelo o emocional proporcionado. “O Belo está nos olhos de quem vê”

“Ó beleza!

Onde está tua verdade?”

William Shakespeare

Simetria, ordem e proporção são os fundamentos do que é belo, sem conter qualquer tipo de conceito. Apenas admiração. Cada um tem suas experiências de vida e cultura, cada qual tem suas percepções e conclusões, a essência é subentendida.

Bases filosóficas da Beleza

Enquanto Aristóteles considera que “(…); Um ser ou uma coisa composta de diferentes partes só pode ter beleza na medida; em que estas partes são dispostas numa certa ordem (…)” ¹. Platão vai mais longe e afirma que “(…) A origem de toda a beleza é uma beleza que, por sua própria presença. Torna bela as coisas que chamamos de belas, seja qual for a maneira pela qual o contato se estabeleça.(…)” ². Só no século XVIII, em Kant (1790), quando a estética passa a ser estudada de uma forma independente de outras questões. Vamos encontrar uma definição algo mais ampla: “(…). É belo aquilo que agrada universalmente sem conceito. (…)”. Textos tirados do Livro de visagismo; “Conceitos do Belo que influenciam o Visagismo” – Autor: Robson Trindade.

Aguçar os olhos favorece uma dinâmica com si próprio, auto alimentando de informações agradáveis a vir buscar o belo. Criando conexões com a própria experiência intelectual. Enquanto o ser humano puder satisfazer seus prazeres, sua autoestima te manterá avido aos seus sonhos e desejos. Muitas vezes, simplesmente, pela sua imaginação. A beleza pode ser encontrada em todas as coisas, basta enxerga-las, O BELO ESTÁ EM TODAS AS COISAS.

 

“Entregai-vos ao original e verdadeiro senso de beleza e nunca podereis errar, pois ele está ligado às leis primordiais da Criação. É a expressão de um saber ainda oculto sobre a perfeição, um indicador de caminho infalível para cada espírito, pois unicamente todo o espiritual. Nesta Criação posterior, tem a faculdade de reconhecer, numa bem determinada maturidade, a verdadeira beleza com consciência plena!” (Mensagem do Graal de Abdruschin Volume III – Dissertação: “Beleza dos Povos”)

CoisasBoas

Autor: Rodrigo Banqueri

Visagista/Hair Stylist. Graduado pela Anhembi Morumbi-Visagismo e Terapia Capilar - Pós Graduado pela Oswaldo Cruz-Tricologia Cosmética - SENAC-Hair Stylist .

Compartilhar Post

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>